Nota do PPS Marília sobre a saída de Roberto Freire do MinC

Nota do PPS Marília sobre a saída de Roberto Freire do MinC

Para o PPS, o Brasil é muito maior do que qualquer Presidente. Roberto Freire foi para o Governo não em busca de um cargo. Ele foi para compor um conjunto de forças, para as quais emprestou a sua credibilidade e a do PPS, em torno de um projeto necessário de transição política definido nos avanços econômicos, políticos e éticos. E estava fazendo um excelente trabalho à frente do Ministério da Cultura (MinC).

A partir das delações de empresários do grupo JBS que envolveram o Presidente da República Michel Temer, Freire pediu a sua exoneração do MinC. Sua continuidade no Governo de transição estava condicionada ao afastamento do presidente Michel Temer, para que este pudesse se defender das acusações. O líder do PPS afirmou que o partido continuará a busca pelas reformas da Previdência e Trabalhista do Governo de transição.

Freire volta como Deputado federal para continuar sua trajetória política. Ele também retoma a presidência nacional do PPS.

A postura política do Roberto Freire continua a mesma ao longo dos anos, pautada na governança democrática, algo que o Brasil tanto precisa neste momento.